Home / Destaque / Bode cearense terá sua historia contada no sambógramo do Rio no ano que vem

Bode cearense terá sua historia contada no sambógramo do Rio no ano que vem

Bode Ioiô – Foto: Hayanne Narlla/Tribuna do Ceará

A história do Bode Ioiô, “eleito” vereador de Fortaleza em 1922, vai ser contada na Sapucaí em 2019. Em mais uma aposta de desfile com tom crítico, a Paraíso do Tuiuti, atual vice-campeã do Carnaval do Rio de Janeiro, vai usar o surpreendente “causo” para falar sobre voto consciente, tema bastante atual.

Este ano a escola problematizou a escravidão e as questões trabalhistas e sociais da atualidade.

Retirantes chegados a Fortaleza, na época da seca de 1915, teriam trazido o bode. Sem condições de cuidar do animal, o dono o vendeu para uma empresa da cidade. Mas o bicho era inquieto e fugia, “passeava” pelos lados da Praça do Ferreira, no Centro, local na época frequentado por artistas cearenses como escritores, atores e músicos.

Entre as muitas histórias contadas, Ioiô teria comido a faixa de inauguração de um cinema e costumava levantar as saias das mulheres. E aí, nas eleições de 1922, o caprino foi um entre os mais votados para vereador de Fortaleza. Ioiô, claro, não assumiu o cargo, mas virou um dos grandes personagens da história do Ceará.

Hoje, é uma das atrações do Museu do Ceará, no Centro de Fortaleza.

Baseado no rico personagem cearense, o carnavalesco Jack Vasconcelos vai se inspirar para dar um novo recado na avenida no Carnaval do Rio de Janeiro, em 2019. O anúncio oficial do enredo, ainda sem título, será nesta sexta-feira (6), às 21 horas, na quadra da escola, quando também comemora 66 anos de fundação.

Serviço

Para os interessados em visitar o Bode Ioiô, ele está no Museu do Ceará – Rua São Paulo, 51, Centro. Aberto ao público de terça-feira a sábado, das 9h às 17h. Acesso gratuito.

Fonte: Tribuna do Ceará

 

Veja Também

Medo de multidão existe?

  Sim! Você conhece alguém que não entra, sob nenhuma hipótese, em locais lotados pois ...